Notícias

Imagem

Sindafep homenageia pais em matéria especial

A instituição deseja um dia cheio de amor para todos os papais do Fisco

Neste domingo (14), celebramos o amor entre pais e filhos. É certo que os pais —  sejam eles avôs, tios ou parentes próximos —  são a nossa primeira referência de amor, são nossos heróis, melhores amigos. Com eles criamos nossas primeiras memórias, que levaremos para o resto da vida. 

“Criar um filho é um presente, mas também exige muita sabedoria. Ser pai é educar, amar, brincar, dar broncas, mas acima de tudo ser amigo e sempre estar presente na vida de nossos filhos. Nesta data tão importante, desejo que vocês tenham um dia especial ao lado de suas famílias e que vocês criem memórias que serão eternizadas com o tempo. Feliz dia dos pais”, disse Osmar de Araujo Gomes, presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Sindafep).

E, para fazer uma singela homenagem a todos os papais, o Vice-Presidente Sindical do Sindafep, Carlos Alberto Stadler, contou como é sua experiência com a paternidade. O Auditor Fiscal, aqui, representa toda a categoria. 

Você sempre sonhou em ser pai? 
Com certeza, sempre sVice-Presidente Sindical, Carlos Alberto Stadler, sua esposa Elaine Stadler e filhas Ana Carolina e Mariana Stadleronhei com o dia que me tornaria pai, mas não imaginava o tamanho da felicidade que esta missão traz. Ser pai é uma dádiva e uma benção concedida por Deus, mas também é uma extrema responsabilidade, pois além de amarmos nossos filhos nos cabe a tarefa de educá-los no amor e nos ensinamentos cristãos, o que certamente é facilitado quando se tem ao lado uma esposa cristã e muito amada. Creio que a educação no amor e princípios cristãos são os pilares basilares para que nossos filhos possam ser felizes e bons cidadãos, contribuindo para um mundo melhor.          

Quais foram os ensinamentos que você aprendeu com o seu pai e que tenta passar para as suas filhas? 
Meu pai foi uma pessoa muito querida e honrada. Os ensinamentos cristãos certamente foram a melhor herança que ele deixou para mim e meus irmãos. A vida ilibada que teve, infelizmente nos deixou prematuramente, é um grande exemplo que ele nos outorgou e tento repassar para minhas filhas.  

Quais são as melhores lembranças que você tem com seu pai e, hoje, com as suas filhas? 
Lembranças com meu pai são inúmeras e todas muito gostosas, mas o bom papo e os conselhos para a vida, sempre amparados no seu modo de vida, são as lembranças mais vivas em minha memória e que procuro reproduzir no meu dia a dia.

Tive o privilégio de estar com as minhas filhas todos os dias em seus primeiros anos de vida, isso nos permitiu muitas viagens, dias inesquecíveis, carregando-as nas minhas costas nestes passeios. Mas a possibilidade de filmar os seus primeiros anos de vida e todas as nossas aventuras são o maior legado deste período, pois agora, depois de adultas, temos a felicidade de assistir estes vídeos juntos e nos emocionamos muito.   

O que você mais gosta de fazer com as meninas?
Viajar juntos sempre foi a melhor e mais gostosa atividade que desenvolvemos em família, pois tínhamos tempo suficiente para dedicarmos uns aos outros e estreitarmos nossos laços de amor. Infelizmente, essa atividade ficou prejudicada com a vida adulta das meninas, nem sempre nossas agendas são compatíveis para as viagens, a vida profissional nos separou um pouco. Atualmente, sempre que possível, assistimos filmes juntos e os vídeos da infância delas.     


 

Comente esta notícia

código captcha

O Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (SINDAFEP) utiliza alguns cookies de terceiros e está em conformidade com a LGPD (Lei nº 13.709/2018).

CLIQUE AQUI e saiba mais sobre o tratamento de dados feito pelo SINDAFEP. Nessa página, você tem acesso às atualizações sobre proteção de dados no âmbito do SINDAFEP bem como às íntegras de nossa Política de Privacidade e de nossa Política de Cookies.